Dário e Peninha cobram agilidade no atendimento aos municípios atingidos pelas cheias

Parlamentares tiveram audiência com o coordenador da Defesa Civil Nacional, Coronel Newton Ramlow

Parlamentares tiveram audiência com o coordenador da Defesa Civil Nacional, Coronel Newton Ramlow

Em audiência no gabinete do senador Dário Berger, nesta quinta-feira (29), em Brasília, o deputado federal Rogério Peninha Mendonça voltou a pedir que o Ministério da Integração Nacional monte uma força-tarefa para analisar os pleitos das cidades afetadas pelas enchentes no início de junho. Ao coordenador da Defesa Civil Nacional, Coronel Newton Ramlow, o parlamentar explicou que muitos dos municípios atingidos têm processos em Brasília que tramitam lentamente há anos: “O governo deveria copiar o modelo que criou para o Espírito Santo, quando este Estado também sofreu com alagamentos no ano passado, e formar um mutirão para analisar de uma só vez todos os projetos. O que a gente vê é que há recursos suficientes, mas as cidades deixam de recebê-los porque faltam servidores para dar andamento nos processos”, lamentou Peninha.

Dário prometeu usar de sua proximidade com o Coronel, para dar rapidez nas análises. “Eu o conheço há anos, e ele sempre se mostrou um servidor dedicado, comprometido com as causas que se propõe a defender. Tenho certeza que dessa vez não será diferente”, disse o senador. Antes de assumir a Defesa Civil Nacional, Ramlow comandou com sucesso unidades de operações especiais da Polícia Militar de Santa catarina, se especializando em administração, estratégia e gestão da segurança pública, com ênfase nas operações policiais de alto risco.


Retrato das recentes cheias em Santa Catarina

103 municípios atingidos;
31.853 pessoas afetadas;
Água em 9.194 residências;
Desalojados: 21.631 (em casa de parentes e amigos);
Desabrigados 2.667 (em abrigos públicos).