Deputado cobra força-tarefa da Defesa Civil para analisar planos de trabalho dos municípios atingidos pelas cheias

Fórum Parlamentar Catarinense se reuniu no Ministério da Integração Nacional para discutir ações emergenciais no Estado

Fórum Parlamentar Catarinense se reuniu no Ministério da Integração Nacional para discutir ações emergenciais no Estado

A bancada federal de Santa Catarina não esperou as águas baixarem para pedir uma resposta imediata do governo às inundações que afetaram parte do Estado na última semana. Na tarde desta quarta-feira, dia 7, deputados e senadores estiveram na sede da Defesa Civil Nacional, que é coordenada pelo catarinense Coronel Newton Ramlow,  para solicitar rapidez na análise dos planos de trabalho que serão apresentados pelos municípios nas próximas semanas.

Incisivo, Rogério Peninha Mendonça (PMDB) disse que muitos dos municípios atingidos têm processos de enchentes que tramitam lentamente no Ministério da Integração Nacional há anos. “Sugiro que o governo copie o modelo criado no caso da barragem que se rompeu em Minas Gerais, formando um mutirão para analisar de uma só vez todos os projetos dos municípios afetados. Por vezes há recursos suficientes, mas as cidades deixam de recebê-los porque faltam servidores para dar andamento nos processos”, explicou o deputado. E complementou, destacando o trabalho de Ramlow à frente da Defesa Civil: “Desde que um catarinense assumiu as rédeas desta Secretaria, percebemos um avanço significativo nas respostas aos desastres naturais. Por conhecer in loco as áreas inundadas, estou certo de que teremos esta força-tarefa montada para agilizar a recuperação dos municípios e superarmos este momento tão difícil”.

Na próxima segunda-feira, dia 12, Peninha acompanhará o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, em visita a Rio do Sul e Lages – dois dos municípios que mais sofrem com a enchente. O governador Raimundo Colombo, demais deputados e senadores também devem integrar a comitiva.