Após articulação do deputado Peninha, agência do INSS deve ser mantida em Indaial

Novo espaço para realocação da unidade será definido até abril

Novo espaço para realocação da unidade será definido até abril

A agência do INSS de Indaial não deve ser fechada. A notícia foi confirmada pelo corpo técnico do Instituto em Brasília. Em audiência, nesta terça-feira, dia 12, o deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) solicitou ao presidente, Renato Rodrigues Vieira, a manutenção dos trabalhos no município. A principal dificuldade do órgão para manter o serviço era a falta de imóvel para relocação da unidade.

“Minha conversa com o presidente Renato foi muito boa e ele no primeiro momento já sinalizou de forma positiva. No dia seguinte, a meu pedido, o prefeito André Moser encontrou o corpo técnico para tentar encontrar uma saída. E acredito que, assim como esperávamos, a mais prudente foi escolhida. Agora, a prefeitura vai contribuir na procura de um novo imóvel”, comenta Peninha.

Até abril, a equipe técnica do Instituto vai analisar as opções de imóveis indicadas pela prefeitura. A próxima estrutura deve ocupar um espaço menor do que a atual, instalada em uma área de aproximadamente 200 metros quadrados. Hoje, a agência ocupa irregularmente o espaço da Diocese de Blumenau, cujo contrato está expirado desde 2001. Houve uma pactuação que vigorou até 2005. Posteriormente um novo contrato de 2007 a 2012, mas este foi alvo de auditoria, porque o proprietário não conseguiu manter a regularidade fiscal. A unidade atende diariamente mais de 100 pessoas.