Apresentado projeto para regulamentar a profissão de detetive

Primeiro Encontro Nacional da categoria vai ser realizado em Brasília para discutir PL que trata do registro profissional na Polícia Federal

Primeiro Encontro Nacional da categoria vai ser realizado em Brasília para discutir PL que trata do registro profissional na Polícia Federal

Estima-se que existam hoje no Brasil mais de 300 mil detetives particulares formados e pelo menos 35 mil atuando no mercado de trabalho, mas não há uma regulamentação específica para a categoria. Com o objetivo de criar um registro profissional junto à Polícia Federal, o deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC) apresentou um projeto de lei que deve pôr fim a este impasse.

O PL 9323/17 tramita na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados, e aguarda a designação do relator. O projeto tem o objetivo de discutir e delimitar critérios sobre os profissionais da área. “A categoria se organizou e me procurou para finalmente tentar chegar a um consenso e delimitar os parâmetros de trabalho e responsabilidade para esses profissionais. Eu realmente acho necessário, já que esta é uma profissão que exige extrema perícia e credibilidade”, esclarece Peninha.

No intuito de promover uma discussão sobre o tema com o maior número de profissionais, a categoria, com apoio do deputado Peninha, organiza o primeiro Evento Nacional. O encontro vai ocorrer no dia 10 de maio, na Câmara dos Deputados, em Brasília. “Nós agradecemos o empenho e a dedicação do deputado com a nossa categoria. Promover a discussão do assunto já é um grande avanço”, destaca Venâncio Melo, integrante da Associação dos Detetives Brasileiros (ADB/SC). O sentimento é compartilhado por Luiz Gomes, integrante da Associação Nacional dos Detetives e Investigadores Privados do Brasil (Anadip/RJ): “Atualmente milhares de detetives atuam no mercado sem que as autoridades policiais saibam quem são esses profissionais que exercem uma atividade semelhante à atividade policial”, explica ele.