Catarinenses participam do Estágio-Visita em Brasília

Adriane Rengel e Sarah Amorim foram indicadas pelo deputado Peninha para o programa da Câmara dos Deputados

Adriane Rengel e Sarah Amorim foram indicadas pelo deputado Peninha para o programa da Câmara dos Deputados

Por meio de sorteio, o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB) definiu as suas indicações para o Estágio-Visita, promovido pela Câmara dos Deputados. Mais de 60 estudantes de várias regiões de Santa Catarina demonstraram interesse em participar do programa. As estudantes universitárias Adriane Rengel, de Ituporanga e Sarah Louise Amorim, de Balneário Camboriú, foram as contempladas.

“Nos últimos anos tenho variado a forma de escolha, justamente para proporcionar maior oportunidade aos jovens, já que cada deputado pode indicar apenas dois estudantes por semestre. No ano passado a escolha foi feita por meio de um concurso de redação e neste, por sorteio. Fico feliz com o número crescente de participantes, isso mostra o quanto as pessoas estão mais interessadas nos assuntos relacionados à política, o que é de extrema importância”, explica Peninha.

Jornalista por formação, Adriane está no quinto período do curso de Direito e está ansiosa. “É uma mistura de curiosidade de conhecer a capital do país e também a expectativa para acompanhar de perto como são tomadas as decisões que interferem diretamente na vida de cada um de nós, cidadãos brasileiros. Trazendo essa experiência para a vida acadêmica, acredito que é uma oportunidade única e que vai contribuir muito para o aprendizado em sala de aula”, comenta.

Sarah também estuda Direito, cursa o sexto semestre e, além de ansiosa, está empolgada com a oportunidade de adquirir mais conhecimento sobre o Poder Legislativo. “Apesar de já ter ido a Brasília outras vezes, será uma forma de adquirir experiência técnica, conhecer de perto as tramitações. Ver a teoria na prática. Por isso, agradeço ao deputado Peninha pela oportunidade”, fala.

O programa será realizado de 22 a 26 de abril. As estudantes selecionadas têm a oportunidade de participar de uma semana de palestras, debates e simulações na Casa, com hospedagem e alimentação fornecidas pelo órgão.