Em meio ao surto, Peninha segue de plantão em Brasília

Parlamentar catarinense participa das articulações para aprovar medidas de combate ao vírus

Parlamentar catarinense participa das articulações para aprovar medidas de combate ao vírus

Matérias importantes relacionadas ao coronavírus deverão passar pelo Congresso Nacional nos próximos dias. O deputado catarinense Rogério Peninha Mendonça (MDB), vice-líder do Governo, divulgou em suas redes sociais nesta quarta-feira (18), que não deixará a capital federal. Segundo ele, o líder do MDB, deputado Baleia Rossi, pediu para que alguns deputados ficassem de plantão em Brasília. "Estarei  a postos para discutir e votar projetos importantes para o Brasil neste momento crítico e decisivo. O Congresso Nacional tem que dar sua contribuição para que possamos resolver esta situação", afirma Peninha. 

 

Nesta terça-feira (17), o deputado participou das discussões e aprovação de três projetos importantes de enfrentamento ao Covid-19. Um deles diz respeito à facilitação para liberar fundos municipais e estaduais dos anos anteriores para serviços em saúde. Os outros dois tratam da suspensão temporária de exportação de produtos como máscaras, respiradores, camas hospitalares e álcool para desinfecção, a fim de que não falte no Brasil.  Os projetos seguem para o Senado.

 

Estado de calamidade pública

 

O Governo informou que irá pedir ao Congresso para que reconheça estado de calamidade pública. O deputado Peninha é favorável à decisão: "Neste momento, a prioridade dos governantes deve ser o Covid-19 e, por isso, precisamos ter a responsabilidade de pensar nas consequências para todos os setores", enfatiza. 

 

A partir da próxima semana, a discussão e votação de projetos ocorrerá virtualmente por meio do Sistema de Deliberação Remota (SDR). A medida foi aprovada com o objetivo de diminuir as aglomerações no plenários e, ao mesmo tempo, não ser necessário paralisar as atividades dos parlamentares, impedindo deliberações sobre projetos.  

 

A prioridade dos debates são assuntos relacionados às situações emergenciais envolvendo o coronavírus. Além das atividades do plenário, terá destaque a comissão externa que trata de medidas preventivas contra o avanço da pandemia. 

 

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, concedeu nesta terça-feira (17) uma coletiva de imprensa online  para reforçar os cuidados. "O ministro foi bastante enfático na questão do cuidado com nossos idosos, além de evitar aglomerações. Vamos seguir as recomendações do Ministério da Saúde", finaliza o deputado.