Estudantes Catarinenses participam de estágio em Brasília

Indicados pelo deputado Peninha, acadêmicos participaram de programação na Câmara dos Deputados

Indicados pelo deputado Peninha, acadêmicos participaram de programação na Câmara dos Deputados

Terminou nesta sexta-feira, dia 15, em Brasília, o Estágio-Visita na Câmara Federal. O deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) deu uma pausa em suas atividades para receber em seu gabinete, os dois estudantes catarinenses indicados por ele para participar do projeto: “Fiquei muito feliz de conhecê-los pessoalmente, mas mais que isso, me sinto muito satisfeito em ver o entusiasmo desses jovens. E é disso que a gente precisa, cada vez mais os jovens próximos da política, entendendo, discutindo e sugerindo propostas”.

Após uma semana na capital federal, o estudante universitário Jardel Pandini, da cidade de Ituporanga, descreveu a experiência como única. “Foi incrível! Fomos instigados a realizar diversas atividades, participar de debates, palestras, gravamos inclusive programas com alguns deputados. Certamente voltei de Brasília com outra visão do papel dos parlamentares brasileiros, além do entendimento de como funciona o processo de criação e aprovação de leis no país. Realmente a experiência do Estágio-Visita ficará marcada para sempre na minha vida”, comemora.

Para Suyane Kollenberg, de Dionísio Cerqueira, participar do Estágio-Visita foi a realização de um sonho: “Sem dúvida, foi uma semana de muito aprendizado, volto para casa com outra visão do trabalho do Legislativo. Agradeço a todas as pessoas envolvidas nesse programa, que me acolheram durante esse período, e que fizeram com que eu me sentisse em casa. Agradeço ao deputado Peninha e os seus assessores, pela dedicação e acompanhamento que recebi durante todo o processo, garantindo que tudo ocorresse da melhor forma possível”.

Suyane e Jardel foram os vencedores do Concurso de Redação promovido pelo deputado Peninha no mês de abril. Como premiação, os jovens tiveram a oportunidade de participar do estágio. Durante o programa, os participantes receberam gratuitamente hospedagem, alimentação, traslado em Brasília e um certificado de 36 horas, mediante presença em 100% das atividades.