Peninha entrega a Bolsonaro pedido de revisão do edital de concessão do aeroporto de Navegantes

Deputado foi recebido no Palácio do Planalto e também tratou da regularização fundiária

Deputado foi recebido no Palácio do Planalto e também tratou da regularização fundiária

O deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) levou o assunto da expansão do aeroporto de Navegantes ao conhecimento do Presidente da República. “Eu vim pedir para que o aeroporto de Navegantes não fique estagnado pelos próximos 30 anos”, disse o deputado ao ser recebido por Bolsonaro nesta terça-feira (22), no Palácio do Planalto, em Brasília.

Peninha entregou ao presidente um documento da Associação dos Municípios da Região da Foz do Itajaí (AMFRI), que tem apoio de deputados, senadores e entidades catarinenses, solicitando a revisão do edital de concessão do aeroporto de Navegantes.

As autoridades buscam o cumprimento do Plano Diretor do Aeroporto em que a empresa concessionária terá que desapropriar todo o sítio aeroportuário e construir uma nova pista com extensão de 2,6 mil metros. Conforme o edital do Governo Federal, a pista seria ampliada em apenas 50 metros. Dessa forma, o aeroporto que hoje é internacional, poderia voltar a ser classificado como regional.

"O presidente me disse que vai levar o assunto ao conhecimento do ministro Tarcísio, conforme nosso pedido", afirma Peninha, vice-líder do Governo no Congresso.

Regularização fundiária

Na mesma agenda, esteve o deputado Lucio Mosquini (MDB/RO), autor das leis de regularização fundiária e crédito fundiário. Acompanhou o assunto, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

 Os deputados solicitaram engajamento do Governo nas propostas, que visam regularizar a situação de assentados pacificamente e facilitar créditos para tornar terras produtivas e rentáveis. “A proposta foi bem recebida, o Governo já vem trabalhando na pauta”, finaliza Peninha.